Programando na idade da pedra

Aquele momento em sua carreira em que você diz a si mesmo: “Oh boy! Você está fazendo isto errado!”

Acho que uma grande parte dos programadores passam pelas fases iniciais do ciclo de aprendizado, cada um do seu jeito, até chegar em um ponto comum, que nos permite dizer a frase:

– Eu resolvo o problema!

Uns podem afirmar isto com mais convicção que outros, mas o fato é que neste momento em que eu acabei de aprender o que julgava necessário para ser um programador, pode vir à tona uma pergunta:

– Estou fazendo isto certo?

Então após fazer algumas buscas, conversar com algumas pessoas da área, investigar um pouco... (você toma um susto!). O momento em que você pensa estar adiantado no tempo, quando na verdade você está...

...na idade da pedra

É assim que é no mundo do desenvolvimento de software, se você deixa de praticar, ler, aprender coisas novas, ter conversas produtivas, o tempo passa. E passa mais rápido quando você o perde!

Não somente por negligência sua. Há também os casos de você ter tantas responsabilidades, simplificando, tantos trabalhos e problemas para resolver, que acaba deixando de acompanhar a evolução que você deveria estar não somente acompanhando, mas sim participando dela, fazendo acontecer.

Então para não retrocedermos na evolução, (programar com estaca de pedra ou tinta vegetal não deve ser legal), devemos resolver o que nos impede de progredir e evoluir como profissionais e como seres humanos. (Provavelmente precisamos evoluir mais como seres humanos primeiro, mas não é bem minha área para entrarmos neste assunto.)

Viva o aprendizado contínuo

  • Leia, assista, escute, estude...
  • Participe de grupos que discutem assuntos de seu interesse.
  • Procure fazer o que lhe traz alegria e satisfação, assim você fica muito bom no que faz e o dinheiro virá com certeza!
  • Programar não se trata apenas de digitar instruções para uma máquina, use a criatividade e escreva para seres humanos não para máquinas.
  • Compartilhe o seu conhecimento.
  • Relaxe! Há momentos em que você precisa descansar ou mesmo praticar o seu hobby preferido.

Parece até que foi um texto sobre mim, mas não necessariamente, pois sou meio estranho desde o início sempre tive esses surtos de que estou a anos luz de atingir o conhecimento que queria ter.

Na verdade, hoje em dia, estou aprendendo a controlar estes impulsos de querer absorver tudo de uma vez e estou indo por partes, assim não paro de evoluir, mantenho uma "dieta de consumo de conteúdo" agradável e estou conseguindo me organizar cada vez mais, e isto é bom.

Então não mantenha sua mente na idade da pedra. Evolua hoje, evolua já e evolua sempre!

blog comments powered by Disqus